24/08/08

MR.MEGA PRESENTS NEW TOYS FOR SURFING



MALCOLM PEARCEY EM DISCURSO DIRECTO PARA O KAYAKSURF.NET

Malcolm Pearcey
AS NOVAS PROPOSTAS DA MEGA



Malcolm a competir no Mundial do País Basco em 2007 - Fotos: kayaksurf.net

A Mega já está no mercado dos surfkayaks deste 1991. O seu primeiro modelo foi o Jester e, três meses depois de ser lançado, o inovador surfkayak tornava-se campeão do mundo com o título alcançado por Simon Descombe e Clive Kerswell em Thurso, na Escócia. Hoje, passados quase 20 anos, a marca britânica assume-se líder mundial no sector e apresenta-se com 15 modelos de surfkayak e um waveski no mercado. Com a perspectiva sempre direccionada para um mercado cada vez mais exigente, a Mega procura apresentar uma solução para todas as necessidades. Malcolm Pearcey, designer e homem forte da Mega, encara cada um dos seus surfkayaks como respostas a anseios por parte dos consumidores. Nenhum kayaksurfista é igual. O gosto pessoal, o estilo de surf, o material do surfkayak (a Mega já tem 3 modelos totalmente em plástico) e o peso e a altura de cada um, ditam as múltiplas opções de compra da Mega. Do mais radical ao mais estável, do mais curto ao mais longo, são 16 alternativas à escolha. E muitos modelos foram entretanto sendo reformulados ou simplesmente retirados do mercado. Das vezes que já estive com Malcolm, é sempre fascinante ver como este apaixonado pelo mar encara cada um dos seus surfkayaks. Comprovando que está atento a parcerias e colaborações externas, Malcolm já contou com nomes como Randy Phillips, Vince Shay, Spencer Cooke ou James Hawker, entre outros, como colaboradores seus no desenho e criação de novos modelos. É precisamente a propósito de mais dois novos modelos da sua autoria que voltámos à conversa com o Malcolm Pearcey - um novo surfkayak (ainda sem nome) e uma inovadora prancha de waveski.


Merlinski

kayaksurf.net - A Mega já tinha um waveski (o Raider) mas agora, surgiu com uma nova geração de waves: Malcolm, apresenta-nos o Merlinski…

Malcolm Pearcey - Ao contrário de alguns que pegaram em cascos de waveski e se serviram deles para fazer um surfkayak, eu achei engraçado e original tentar o contrário. O surfkayak Merlin já tinha dado provas ao mais alto nível e o Merlinski tem tido boas críticas por parte de quem já o surfou. Apresenta-se com uma grande performance e muito mais fácil de remar do que a maioria dos tradicionais waveskis.



Waveskis ou surfkayaks? – A eterna questão…

Tal como tu dizes, é a "eternal questão" e eu não acho que exista uma resposta ideal. Ambos têm os seus méritos e desvantagens. Por exemplo, num surfkayak a capacidade de esquimotar é vital enquanto num wave, tu podes simplesmente voltar para cima dele. Os surfkayaks tendem a ser mais estáveis e com uma entrada mais fácil para passar a rebentação e são sem dúvida uma opção mais confortável em águas frias. Se vires os países mais fortes no waveski, como a África do Sul e Austrália, o clima e as águas são mais quentes do que na Europa. Os franceses, claro, têm sido igualmente fortes nos waves mas os surfkayaks estão a tornar-se igualmente muito populares por lá. Eu acho que a linha essencial é escolheres a tua "arma" correcta e procurares divertir-te com ela.

Apresenta-nos agora o novo Mega (ainda sem nome) que saiu há duas semanas…

O surfkayak mais recente da Mega é baseado na evolução de dois modelos: o short RR e o Neutron RV. Não é um modelo substituto para qualquer um deles mas sim um novo surfkayak projectado para os kayaksurfistas mais pesados e com uma plataforma mais istável para os principiantes no kayaksurf. Há muitos canoístas de rio que trazem os seus kayaks para as ondas porque é com esse tipo de kayaks que estão familiarizados e também porque podem considerar alguns dos surfkayaks HP algo intimidantes.


O novo MEGA ainda sem nome

Este último Mega é largo e a posição dos joelhos tem algumas das características de um kayak de rio, no entanto, conta com o benefício adicional de ter a performance e o casco de um verdadeiro surfkayak. A largura extra também o torna um pouco mais estável. Na sua estreia, ainda que em condições nada ideais, teve muito boa receptividade. Será interessante acompanhar agora o seu desempenho em boas condições de mar, mas eu acho que será muito bom.



Qual foi, até agora, o modelo da Mega com mais sucesso no mercado?

Com uma variedade tão grande de kayaks que podem responder a kayaksurfistas de vários pesos e mediadas, é lógico que os surfkayaks mais populares sejam o Neutron e o Merlin.


MERLIN


NEUTRON

Estes são destinados para a média do peso e medida da população em geral. São ambos surfkayaks espectaculares e têm tido grande projecção nas mãos de alguns dos melhores kayaksurfistas do mundo. Se olharmos para os outros modelos, aí os praticantes mais leves e as raparigas vão para o Reflex e o "top tem" acaba com o Scarab e o Megatron (ambos se vendem muito bem). Eu acho que o surfkayak que se tornou uma verdadeira revelação em relação às vendas, foi o Bullit "S". A sua combinação entre a facilidade de remar, a capacidade de surfar em várias condições de mar e o conforto que dá em longas sessões de surf, fez dele um sucesso imediato. Foi projectado firmemente para os kayaksurfistas comuns que são, de longe, os mais habituais no kayaksurf.

~
REFLEX


BULLIT S


SACARAB


MEGATRON

Os surfkayaks da Mega ganharam a Expression Session e a Taça do Mundo na edição deste ano do Santa Cruz Ocean Spirit em Portugal. Um breve comentário acerca deste resultados…

Nós estávamos a contar ir ao Ocean Spirit deste ano mas não conseguimos. É sem sombra de dúvida um evento de primeira e todos os ingleses que lá foram este ano, não trouxeram senão elogios sobre ele. Eu acredito que na Mega Flying Squad temos alguns dos mais dotados e dinâmicos kayaksurfistas mundiais. O que é realmente encorajador, é vermos o nível técnico e a performance a aumentarem no grupo de juniores que agora temos. A dedicação e o esforço aplicados nestes jovens, é realmente um exemplo para tantos outros e, com o apoio que a Mega tem investido neles, estou certo de que eles representam a próximo geração de craques no Mundial de seniores. Foi excelente ver o Phillip Watson ganhar a Expression Session (em Portugal no Ocean Spirit) e conseguir o 4º lugar na classe dos seniores para a Taça do Mundo. Edu (Etxeberria do País Basco) e Roberta (Borsari do Brasil) também ganharam as respectivas classes na Taça do Mundo.

Phillip, Edu e Bebeta - Team Mega vencedor em Santa Cruz

Quando é que voltas a visitar Portugal?

Eu acho que a nossa próxima visita a Portugal será, provavelmente, só para o ano. Estou sinceramente desejoso de voltar a Portugal tal como a Família Pearcey e o Team Mega.


A família Pearcey

Obrigado Malcolm! Até para o ano.


Malcolm antes de entrar no Camp. do Mundo em Mundaka 2007

Podem visitar a secção MEGA clicando em baixo:



Boas ondas!

luis pedro abreu
http://www.kayaksurf.net/

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home